Reportagem sobre fãs de A7X no site do SWU

O site do festival SWU fez uma breve reportagem sobre fãs do Avenged Sevenfold. Ela pode ser vista aqui ou logo abaixo:

Fãs de A7X tatuam o corpo e arrumam até namorado por causa da banda

O A7X é uma banda de rock. Será? Fundada em 1999, na califórnia, o grupo formado atualmente por M. Shadows, Zacky Vengeance, Synyster Gates e Johnny já tocou em festivais como Ozzfest, Warped Tour, além de ter feito parte da turnê “Gods of Metal” junto com o Iron Maden.

O mais recente e popular disco da banda, “Nightmare”, foi lançado em 2010 e logo virou platina, levando a banda ao primeiro lugar da Billboard 200 naquele ano. Isso talvez explique porque, para algumas pessoas, o A7X seja bem mais que uma banda de rock.

“Quando eles vieram pro Brasil em 2008 eu fiquei sete horas no aeroporto esperando a banda chegar, mas não consegui vê-los, então fui direto pra fila do show”, disse Patrícia Pepe, estudante de 16 anos, fanática pelo grupo. “Vi o show e, assim que acabou, voei pra porta do hotel. Depois corri atrás da van deles, fiz tudo o que estava ao meu alcance e não consegui falar com eles. Mas, um dia isso ainda vai acontecer”, completou.

Patrícia tem ainda uma tatuagem em homenagem a James Owen Sullivan, o “The Rev”, baterista da banda que faleceu em 2009. Além disso, a estudante desenhou uma gigantesca “DeathBat”, (caveira alada que é símbolo do A7X) na parede do quarto.

Morcego cupido

Outra menina que não mede esforços pela banda é Caroline Borriello, Técnica em publicidade e propaganda de 18 anos, que agradece ao irmão de sua ex-madrasta por ter lhe apresentado a banda. “Desde então virou a trilha sonora da minha vida!”

A primeira vez que Caroline viu seus ídolos ao vivo foi no SWU 2010. “Foi inesquecíveil! Não sabia se gritava, se chorarava, se pulava. Acabei fazendo tudo ao mesmo tempo. Cheguei na grade e fui carregada por cima da galera. Nessa hora assisti parte do show de ponta cabeça. Foi um sonho!”

O namorado de Caroline também é fã da banda e, vejam, só, o Avenged Sevenfold foi o cupido: “É uma marca no nosso namoro. Quando começou o clima entre a gente, rolava aquele lance de dividir o fone de ouvido pra ficar juntinho, sabe?”, disse Caroline.

Fanatismo é coisa séria!

Quem foi que disse que fã não segue regras? Thuani Gogliani, estudante de 15 anos, já esteve em dois shows do A7X, sendo o primeiro deles no SWU 2010, e o outro em maio de 2011. “Nesse último show eu fiquei 16 horas na fila, com chuva e tudo!”, disse. Para ela, ser fã não é loucura, é compromisso!

“Avenged é tão presente na minha vida, e eu levo meus objetivos em relação à banda tão a sério, que não considero nada uma loucura. Pra mim essa rotina não é nada mais do que minha obrigação como fã!”

E a lista de obrigações é extensa: “Pretendo tatuar a DeathBat na perna, uma asinha de morcego no dedo médio e ‘foREVer’ (trocadilho em homenagem a ‘The Rev’) na canela”. Assim como Patrícia, Thuani também tem o quarto temático. Ele é repleto de adesivos, frases de músicas, ingressos dos shows, entre outros souvenirs da banda, nas janelas, paredes e na cabeceira da cama. “Desenhei asas de morcegos na capa do meu caderno de poesias. E tenho sete camisetas diferentes da banda”, revelou a garota, que, deduzimos, já tem uma para cada dia da semana.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA