Arin Ilejay fala sobre as adaptações com o Avenged Sevenfold

(Foto: Rock Sound/Divulgação)

Recentemente Arin Ilejay, ex-Confide, concedeu uma entrevista à revista Rock Sound falando das principais mudanças em sua vida e os desafios que precisou enfrentar para fazer parte do Avenged Sevenfold, considerada uma das maiores bandas de rock do mundo. Os trechos foram publicados nesta quinta-feira (14) no site da revista, confira.

Como está a vida no Avenged Sevenfold até o momento?
Cara, tem sido uma jornada incrível. Eu sou um garoto de lugar nenhum que tocava em uma banda de hardcore e há pouco tempo me dei conta de que toquei no Rock In Rio para 145.000 pessoas. Eu nunca havia passado por nada parecido antes; os caras me levaram para esse mundo louco e eu quero deixar todos orgulhosos.

 

Quais foram os maiores desafios?
Eu já havia saído em turnê antes disso, mas essa foi uma experiência completamente diferente – em vez de dormir em uma van, agora estou dormindo em um ônibus enorme! Eu comecei tendo problemas porque estava acostumado a um tipo completamente diferente de tour. Houve momentos em que eu tentei ajudar a equipe a montar tudo e eles me disseram: “o que diabos você está fazendo aqui?”. Eu não estou acostumado a ser ‘o talento’, relaxar no camarim antes do show, e precisei me acostumar com esse tipo de tratamento. Eu não faço ideia do que fazer comigo mesmo!
Também achei o mundo dos negócios da banda desafiador. Eu sempre fui voando de acordo com meu tempo, sempre vivendo no momento. De repente precisei ter que começar a fazer estratégias com as finanças e os negócios da música… Tenho grandes responsabilidades. Mas ainda quero ser um garoto e me divertir, aproveitar o momento.

DEIXE UMA RESPOSTA