Zacky Vengeance fala com El Nuevo Día sobre o retorno a Porto Rico

O site El Nuevo Día publicou um trecho do que eles conversaram com Zacky Vengeance sobre o retorno da banda a Porto Rico. Confira abaixo a tradução e a entrevista original aqui.

Os membros do Avenged Sevenfold têm vivido um pesadelo durante os últimos anos. Em 2009, muito antes do grupo estar inspirado para criar o álbum “Nightmare”, o baterista James “The Rev” Sullivan foi encontrado morto e a trágica notícia levou ao que eles descrevem como seus “momentos mais sombrios.”

“Nós o perdemos e isso tomou tudo de nós para estarmos de pé novamente… Foi a coisa mais difícil”, disse Zacky Vengeance, guitarrista da banda agora completa pelo vocalista M. Shadows, pelo baixista Johnny Christ e pelo guitarrista Synyster Gates. A perda os deu a lição mais significante da carreira deles. “Nós aprendemos a ser gratos. Nós crescemos porque havia a época em que a indústria não importava e quando lembramos dessa época, nós somos agradecidos por todas as pessoas que continuaram conosco.”

Com esse grupo de apoio, diz Vengeance, vários fãs de Porto Rico mandaram cartas de consolação. Então, a poucos dias de fazer o seu primeiro show na ilha, ele diz que o Avenged Sevenfold está “extremamente animado”. “Nós estivemos tentando ir para Porto Rico durante um bom tempo. Sabemos que é um lugar bonito com um clima ótimo, mas eu já vi todas as cartas que eles mandaram e o que nos anima mais é que as pessoas realmente querem que nós vamos”.

Como parte do show, que irá acontecer no dia 19 de novembro às 20h, no Coliseo de Puerto Rico Jose Miguel Agrelot, a banda promete tocar seus hits do último álbum em um repertório de uma hora e meia. “Vai ser incrível, porque nós nos sustentamos do público. Deixamos tudo no palco como uma explosão de energia, enquanto os prêmios que ganhamos, embora memoráveis, estão se enchendo de poeira. Mas se conectar com o público em lugares como Porto Rico é mágico”, diz o guitarrista.

Com a motivação de continuarem sempre bastante humildes, os membros do Avenged Sevenfold se sentem prontos para continuar tocando metal depois de se tornarem mais fortes por enfrentar as adversidades.

“Até que a morte bata à nossa porta”, conclui Vengeance.