M. Shadows fala com a Folha sobre Rock in Rio, game da banda, novo DVD e mais

O jornal Folha de S. Paulo conversou com M. Shadows, em plena tour brasileira, sobre tocar novamente no Rock in Rio, álbum Hail to the King, o game da banda, novo DVD e muito mais na matéria. Confira na íntegra:

(Foto: Flavio Moraes/G1)

A banda americana Avenged Sevenfold iniciou sua turnê pelo Brasil no último dia 15 em São Paulo com ingressos esgotados. A demanda foi tão grande que o grupo volta a tocar na cidade nesta quinta-feira (20) em show extra no Espaço das Américas.

Em entrevista concedida por e-mail à Folha entre um show e outro (o grupo tocou no Rio, Brasília e Curitiba e encerrará no sábado, 22, a turnê em Porto Alegre), o vocalista M. Shadows comemora o feito.

“A primeira vez em que viemos ao Brasil (em 2008) foi uma verdadeira revelação para nós. Nunca tínhamos visto tanta dedicação e ficamos impressionados ao ver como nossos fãs brasileiros são apaixonados por nós, especialmente os de São Paulo, aos quais devemos muito”.

O cantor, um dos fundadores do quinteto surgido em Huntington Beach, Califórnia, em 1999, também ressalta o prazer que foi participar do Rock in Rio em 2011, e não esconde um sonho que eles e seus colegas possuem.

“Adoraríamos ser headliners desse festival no futuro, porque isso dá um grande legado e prestígio para bandas de rock. Participar da edição de 2011 foi muito divertido, uma experiência maravilhosa, e tocar com o Iron Maiden é sempre uma honra”.

O grupo viu sua popularidade crescer muito nos últimos anos, e conseguiu a façanha de emplacar seus dois mais recentes álbuns, “Nightmare” (2010) e “Hail To The King” (2013), no primeiro posto da parada pop americana, algo não tão comum para bandas heavy. O cantor comenta sobre isso e avalia “Hail To The King”.

“É bem legal atingir essas marcas, mas não ligamos muito para números. ‘Hail To The King’ é uma evolução lógica para uma banda que procura progredir sempre. Não gostamos de nos repetir. Esse álbum tem uma abordagem mais de classic rock, com influência de blues, com mais espaços e mais groove”.

Em plena turnê de divulgação do mais recente CD, o Avenged Sevenfold promete várias novidades para os fãs nos próximos meses. “Lançaremos no verão americano um vídeo game para celulares intitulado Hail To The King: Deathbat, com músicas inéditas especialmente gravadas para isso. Também teremos um novo DVD, além de planejarmos algo especial para comemorar os 10 anos de lançamento de nosso álbum ‘Waking The Fallen'”.

O grupo conseguiu dar a volta por cima após a trágica morte do baterista e letrista The Reverend no final de 2009. Durante um período, Mike Portnoy, ex-Dream Theater, segurou as baquetas do grupo, até que, em 2011, Arin Ilejay entrou no time e está até hoje.

“Arin desempenhou muito bem a tarefa de aprender seu papel no grupo. Perdemos um grande compositor, baterista e amigo, The Reverend, então Arin teve um espaço muito importante para preencher, uma grande responsabilidade. Ele é muito legal, um grande cara. Estamos muito felizes de tocar com ele”.

M. Shadows define de forma geral o som da sua banda como heavy metal com influências de rock, mas não curte rótulos ou definições muito rígidas em termos musicais.

“Eu honestamente não me importo de como as pessoas nos encaram em termos musicais. É óbvio que somos uma banda de metal com influências de rock, mas vamos além disso. Músicas como ‘A Little Piece Of Heaven’, ‘Dear God, Acid Rain’ e várias outras vão além dessa definição, não se encaixam nela. Deixamos as pessoas na internet debaterem sobre o que somos, pois isso não importa para nós. Somos o Avenged Sevenfold, e é isso”.

AVENGED SEVENFOLD
QUANDO 20/3 (quinta-feira) às 21h30
ONDE Espaço das Américas (rua Tagipurú, 795-Barra Funda-SP)
QUANTO de R$ 125 a R$ 420
INFORMAÇÕES 4003-1527 www.livepass.com.br